24/05/2024

Euro: R$ 5,76

Dolar: R$ 5,30

24/05/2024

Euro: R$ 5,76

Dolar: R$ 5,30

Elefanta cega dança sempre que pianista toca sua música favorita

Romsai usava uma corda vermelha no pescoço para alertar os humanos que se aproximavam de que ela era um perigo para eles. Seus cuidadores no santuário ElephantsWorld, em Kanchanaburi, Tailândia diziam que a elefanta, velha e cega, estava ficando mais perigosa com o tempo.

 

O impulso de tocar concertos ao vivo para Romsai nasceu em parte do efeito positivo da música em algumas crianças cegas com as quais o pianista Barton trabalhava.

 

Romsai, a elefanta, coloca sua tromba por cima do piano vertical de Barton repetidas vezes, parecendo mais o gesto da plateia agradecida. Impossível não se comover com a cena.

 

Todos os animais gostam de música. Cães, gatos etc. Mas os elefantes são os mais próximos dos seres humanos, no sentido de que possuem os mesmos neurônios no cérebro que nós. Eles também têm uma memória muito boa. Se você for maltratado quando criança, vai se lembrar disso a vida toda. É o mesmo com os elefantes. O elefante compartilha conosco essa parte do cérebro que tem flashbacks. Eles nunca podem esquecer as coisas terríveis que viram e sofreram … Se você toca música clássica para um elefante, algo suave e bonito, algo que os seres humanos ouvem há centenas de anos, algo que é atemporal – e você toca isso para um elefante que é cego e eles nunca ouviram música antes – a reação não tem preço”, disse o músico.

 

SAIBA MAIS EM: https://www.pensarcontemporaneo.com/elefante-cego-danca-sempre-que-pianista-toca-sua-musica-favorita/

 

Quer viver uma experiência de observação de animais em seu habitat natural, cercados de proteção e respeito por suas vidas?

 

A Ambiental Turismo oferece diversas viagens para países da África ou mesmo para destinos brasileiros como Pantanal, Amazônia, entre outros, onde o turismo é um meio de preservação das espécies.

 

Fale com nossos consultores: (Whatsapp) 11 3818 4600.

 

Está gostando do conteudo? compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp