01/03/2024

Euro: R$ 5,56

Dolar: R$ 5,12

01/03/2024

Euro: R$ 5,56

Dolar: R$ 5,12

Associação Terra Indígena Xingu (Atix) recebe Prêmio da ONU por iniciativas de desenvolvimento sustentável

(Notícia de 2017, mas que merece ser divulgada sempre!)

 

A Associação Terra Indígena do Xingu (Atix) recebeu, em Nova York, o Prêmio Equatorial 2017, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), pelo trabalho pioneiro na autocertificação de um produto orgânico: o Mel dos Índios do Xingu, que envolve 100 apicultores de 39 aldeias dos povos Kawaiwete, Yudja, Kisêdjê e Ikpeng, todos eles moradores do Território Indígena do Xingu, no Mato Grosso.

 

Desde 2002, o Prêmio Equatorial prestigia grupos locais e comunidades indígenas de áreas rurais que desenvolveram soluções inovadoras para proteger, restaurar ou promover o manejo sustentável da natureza com o intuito de alcançar o desenvolvimento sustentável local, incluindo segurança alimentar e hídrica, empregos sustentáveis e redução de risco de desastres.

 

“Alguns segmentos no Brasil dizem que a floresta é um empecilho para o desenvolvimento do País, que as Terras Indígenas são improdutivas e que os povos indígenas não contribuem com a economia. Nós desmentimos isso e provamos que, sim, é possível gerar renda com a floresta em pé e que não é preciso desmatar para poder chamar de desenvolvimento”, afirmou durante a premiação, Yakari Kuikuro, presidente da associação.

 

QUER SABER MAIS: https://www.socioambiental.org/pt-br/noticias-socioambientais/provamos-que-e-possivel-gerar-renda-com-a-floresta-em-pe

 

A Ambiental Turismo é parceira de diversas etnias indígenas em seu projeto de usar o turismo como meio de preservação e difusão de suas culturas, além de fonte de renda. Quer viver a experiência de estar em uma aldeia indígena?

 

Fale com nossos conslutores: 11 3818 4600 (whatsapp)

Está gostando do conteudo? compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp